15 regras do terno que você precisa conhecer

Confira 15 regras do terno que você precisa conhecer e aprenda a usar esse traje da forma correta. Para muitos o uso de ternos é comum e faz parte do dia a dia, mas para outros, usar um terno é coisa de outro mundo. E se você faz parte desse segundo grupo, saiba que pelo menos um dia na vida você precisará usar um terno, seja em um casamento ou um evento social. Por isso, separamos as principais regras do terno que você precisa conhecer para não erra quando esse momento chegar.

15 regras do terno que você precisa conhecer (Imagem: Divulgação)

15 regras do terno que você precisa conhecer – Confira!

Pelo menos uma vez na vida você precisará usar um terno. Então confira essas 15 regras para não cometer nenhuma gafe quando esse momento chegar:

1. Corte tradicional

Existem dois principais tipos de corte para um terno, o corte tradicional e o slim. No modelo tradicional o corte do paletó e das calças é reto.

2. Corte slim

Já no modelo slim o paletó é bem acinturado e as calças um pouco mais ajustadas na cintura e nas pernas, deixando o terno rente ao corpo e marcando a silhueta de quem o veste. É importante escolher o modelo que melhor fica em seu corpo, terno muito largo e fora do tamanho correto é inadmissível.

3. Camisa no mesmo padrão

É muito feio usar uma camisa grande e os panos ficarem sobrando em baixo do terno. Principalmente se você escolher o terno slim, a camisa tem que ser igualmente ajustada ao corpo.

4. Meias fazem a diferença

As meias sempre devem ser escolhidas com atenção, pois não se deve mostrar a canela quando se sentar, ou seja, escolha meias altas o suficiente para isso.

5. Escolha o tecido ideal

A escolha certa do tecido é muito importante para a elegância. (Imagem: Divulgação)

Existem três principais tipos de tecido para um terno (lã fria, linho e algodão), escolha o que melhor se adequa ao evento em que o terno será usado e use o seu bom gosto. Afinal, o tecido deve agradar e ser confortável para você.

6. A largura da gravata

Parece bobeira, mas, a largura da gravata faz toda a diferença no visual. Ela deve ter a mesma largura da lapela. Essa harmonização e padronização é muito importante.

7. O lenço é opcional

Usar um lenço no bolso do terno é sempre opcional, mas ele garante uma porção extra de estilo e sofisticação. Caso decida usar, a estampa do lenço deve ser diferente de todas as cores que já existem na composição do terno.

8. A cor faz toda a diferença

Para escolher a cor ideal para o seu terno, você deve levar em consideração o evento em que ele será usado. Se for um casamento diurno, por exemplo, opte por um terno mais claro, como um cinza claro.

9. Os sapatos

Para escolher a cor do sapato, analise o tom do seu terno. Ternos pretos são usados só com sapatos pretos. Já os ternos cinzas podem variar entre os sapatos pretos e marrons, tudo depende da tonalidade de cinza.

10. A escolha do cinto

Esse acessório também tem que fazer parte da combinação de cores, por isso, ele sempre deve ter a mesma cor do seu sapato.

11. Um ou dois botões?

O mais correto é o uso de 2 botões do paletó. (Imagem: Divulgação)

Alguns paletós trazem a opção de apenas um botão. Mas esse tipo de estilo deve ser usado apenas em eventos mais casuais, caso contrário escolha a opção segura de dois botões.

12. Elegância social

Lembre-se sempre de desabotoar seu terno na hora de sentar. Isso evita o desconforto e a falta de elegância, pois sentará todo torto e apertado, correndo o risco de até rasgar o paletó.

13. Posição do botão

Os botões devem estar alinhados ao seu umbigo.

14. Colete também é uma opção

Se você for usar um colete, o último botão deve estar sempre desabotoado.

15. Comprimento da manga

Para harmonizar todo o look, o comprimento visível da manga da camisa, deve ser igual ao comprimento do colarinho na parte de trás do pescoço.

Add Comment